O Prêmio Raulino Reitz, bianual, tem o objetivo de estimular, destacar e premiar pessoas físicas e jurídicas que tenham desenvolvido pesquisas, projetos e outras atividades que resultam em benefícios para a conservação da natureza no Estado de Santa Catarina.
O Prêmio homenageia o cientista Raulino Reitz pelo seu trabalho dedicado ao levantamento da flora catarinense, descobrindo cinco gêneros e 327 espécies novas, pela criação do Herbário Barbosa Rodrigues, com um acervo contendo 95% da flora catarinense, e pelo seu papel fundamental na criação de unidades de conservação da natureza estaduais.

Homenageado 2018

Alexandre Waltrick Rates – ex-presidente da Fatma/IMA, atuou por mais de 12 anos no órgão ambiental catarinense e foi fundamental para a transformação do Instituto em referência para todo o país.

Homenageado Ano 2015

Promotor de Justiça Paulo Antônio Locatelli - titular na 32ª promotoria da Capital, atuando diretamente com o meio ambiente


Homenageados e Personalidades - Ano de 2000

No ano de 2000, quando a então FATMA comemorou 25 anos, foi entregue uma edição especial do Prêmio a entidades e pessoas que deram continuidade ao trabalho de Raulino Reitz. Receberam o Prêmio, o Herbário Barbosa Rodrigues e os técnicos Pedro Leite e Lenir Alda do Rosário.

O Herbário Barbosa Rodrigues, criado por Raulino Reitz e localizado em Itajaí, tornou-se patrimônio de nosso Estado pelos anos de dedicação à pesquisa, divulgação e preservação das espécies vegetais. Entidade não-governamental, oferece aos pesquisadores um vasto acervo com informações sobre a vegetação catarinense, iniciado na década de 50, e administra o Parque Botânico do Morro do Baú, em, Ilhota, uma importante área de preservação e pesquisa.