O Instituto do Meio Ambiente (IMA) confirmou nesta ter√ßa-feira, 10, a condi√ß√£o de balneabilidade do ponto 11 na Beira-Mar Norte de Florian√≥polis. O an√ļncio hist√≥rico, visto que h√° mais de 60 anos a Ba√≠a recebe esgoto indevido, confirma que o sistema adotado pela CASAN √© tecnicamente adequado. A conquista, por√©m, n√£o diminui a import√Ęncia da continuidade do trabalho e da cautela no acesso dos banhistas √† regi√£o.

Apesar do resultado favor√°vel, IMA e CASAN sugerem precau√ß√£o. Condi√ß√Ķes externas, como tempo, aumento da popula√ß√£o de veranistas e outros condicionantes podem alterar temporariamente essa avalia√ß√£o. Apenas com um hist√≥rico consistente os banhistas poder√£o acessar o local com seguran√ßa. Desde 1992, quando passou a ser monitorado pela pesquisa de balneabilidade, esta √© a primeira vez que o ponto 11 da Beira-mar Norte est√° pr√≥prio.

Além disso, embora tenha conquistado avanços importantes, a estação de tratamento (URA) da Beira-Mar Norte ainda funciona em sistema de pré-operação. Por isso, as equipes avaliam ajustes necessários para que o projeto entre em fase final de funcionamento.

O desafio √© manter a opera√ß√£o regular do sistema diante da alta carga de esgoto clandestino jogado nos canais de drenagem, do lixo urbano que entope as v√°lvulas (entulhos, pl√°sticos e at√© pe√ßas de roupas) e do vandalismo nas esta√ß√Ķes de bombeamento. √Č fundamental que a popula√ß√£o colabore com a destina√ß√£o correta dos res√≠duos e liga√ß√£o do esgoto na rede da CASAN. Assim, a despolui√ß√£o total da Beira-Mar Norte ser√° uma realidade comemorada por todos os catarinenses.