O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulga o relatório de balneabilidade referente a coletas realizadas de 09 a 13 de dezembro. De acordo com a nova pesquisa, 82,1% dos pontos analisados estão próprios para banho no litoral catarinense, o que representa uma leve melhora com relação ao monitoramento da semana anterior que apontava 79,5% dos pontos adequados para mergulho.

Em Florianópolis, das 85 áreas onde há coleta, em 69 os banhistas podem entrar na água, o que significa 81,2%. No restante do litoral, de 144 pontos vistoriados, em 119 recomenda-se o banho de mar. Com relação ao relatório anterior, nove pontos passaram da condição de impróprio para próprio e três pontos de próprio para impróprio.

As amostragens e ensaios s√£o efetuados nos munic√≠pios de Ararangu√°, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Cambori√ļ, Bal. Rinc√£o, Barra Velha, Bigua√ßu, Bombinhas, Florian√≥polis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itaja√≠, Itapema, Itapo√°, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palho√ßa, Passo de Torres, Penha, Balne√°rio Pi√ßarras, Porto Belo e S√£o Jos√©.

Nesta semana o IMA apresentou, durante o lançamento do Verão Santa Catarina, as novas placas de balneabilidade. Com design mais moderno e atrativo, a sinalização indica se o ponto está próprio ou impróprio para banho de mar.

Al√©m das placas nas praias, os banhistas podem conhecer a condi√ß√£o de cada praia por meio do aplicativo Praia Segura e tamb√©m do site balneabilidade.ima.sc.gov.br onde √© poss√≠vel obter informa√ß√Ķes adicionais como hist√≥rico, quantidade de coliformes fecais encontrados, temperatura da √°gua, situa√ß√£o do clima durante a coleta, entre outros.

Durante a alta temporada, de novembro a mar√ßo, a pesquisa de balneabilidade √© realizada todas as semanas e divulgada √†s sextas-feiras.